Ata Ordinária Nº 09/2018

Ata da Sessão Ordinária do dia dois de abril de dois mil e dezoito, do Segundo Período Legislativo da Décima Terceira Legislatura da Câmara Municipal de Vereadores de Barros Cassal, situada na Rua John Kennedy n° 240, destinado aos trabalhos do Legislativo Municipal, com a presença dos seguintes Vereadores: Presidente, IVONIR CAMARGO ORTIZ, Vereadores Jardel Joner e Romeu Lopes de Oliveira da bancada do PMDB, Vilson Carlesso da bancada do PSB, Moacir de Oliveira Ortiz e Aparecida de Fátima Neves Pereira da bancada do PP, Darli dos Santos Landim da bancada do PSD, Ilse Faller da bancada do PT e Geverton Vieira Jandrey da bancada do PR. A presente sessão teve início às dezenove horas e vinte e seis minutos, quando o Presidente da Câmara de Vereadores Ivonir Ortiz declarou aberta a Sessão Ordinária, fez sua saudação a todos os colegas e visitantes. E dando início aos trabalhos de hoje solicita à secretária Vereadora Ilse Faller, que leia um texto da Bíblia. O Presidente Ivonir, coloca a Ata nº 008 do dia 26 de março de 2018 em votação: Após declara a mesma aprovada por unanimidade. Assina a presente ata e passa para que a secretária assine. O Presidente Ivonir solicita à secretária que leia as Correspondências Diversas: OFÍCIO Nº 049/2018. Solicito espaço na Tribuna Livre da Sessão Ordinária do dia 02 de abril de 2018 para o Engenheiro da Prefeitura, Marcos Paulo Dal Ri. O assunto a ser tratado é a explanação do Projeto de Capeamento Asfáltico da Av. Maurício Cardoso. Assinado pelo Prefeito Municipal Exmo Sr. Adão Reginei dos Santos Camargo. REQUERIMENTO. Solicita espaço na Tribuna Livre, na sessão do dia 02 de abril de 2018, para tratar sobre o Projeto n° 90, Autorização da Abertura de Licitação. Assinado pela Assessora Executiva Srª Karine Ranzzi de Oliveira. REQUERIMENTO. Solicita espaço na Tribuna Livre, na sessão do dia 02 de abril de 2018, para convidar os Nobres Vereadores a participar das Comemorações dos 50 anos de Fundação da Igreja Assembleia de Deus do nosso município. Assinado pelo Pastor Presidente da Assembleia de Deus Sr. Cristiano Pinheiro Fogo. O Presidente solicita que a secretária leia o Expediente do Executivo: Ofício Nº026/2018. Barros Cassal, 28 de março de 2018. Que encaminha a esta casa para votação os Projetos de Lei Nº 090, Nº 091, Nº 092 de 22 de março de 2018 e o Projeto de Lei Nº 093 de 28 de março de 2018. Assinado pelo Prefeito Municipal Exmo Sr. Adão Reginei dos Santos Camargo. PROJETO DE LEI Nº 090 DE 22 DE MARÇO DE 2018.  Autoriza o Município de Barros Cassal/RS a realizar Abertura de Processo de Licitação – Tomada de Preço – para reconstrução da casa da munícipe Maria de Lourdes da Silva Frese e sua família, a qual ocorreu um incidente com um maquinário da Secretária de Obras do Município de Barros Cassal/RS. PROJETO DE LEI Nº 091 DE 22 DE MARÇO DE 2018. Altera a Lei nº 852/13 – Plano Plurianual 2018 – 2021, Lei nº 1089/2017 – Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2018 e Lei nº 1100/2017 – Lei Orçamentária Anual para 2018. Tem por objetivo alterar o orçamento vigente, inserindo desta feita, a autorização para construção de pontilhões através do recurso da Consulta Popular 2016/2017 realizada pela Secretaria de Agricultura de Barros Cassal/RS. PROJETO DE LEI Nº 092 DE 22 DE MARÇO DE 2018. Altera a Lei nº 852/13 – Plano Plurianual 2018 – 2021, Lei nº 1089/2017 – Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2018 e Lei nº 1100/2017 – Lei Orçamentária Anual para 2018. Tem por objetivo alterar o orçamento vigente, inserindo desta feita, a autorização para Aquisição de Equipamentos para Secretaria Municipal da Saúde de Barros Cassal/RS, referente convênio recebido do Fundo Nacional de Saúde para aquisição de 1 (um) micro-ônibus, veículos e equipamentos de saúde. PROJETO DE LEI Nº 093 DE 28 DE MARÇO DE 2018. Autoriza o Poder Executivo a contratar operações de Crédito com o BADESUL DESENVOLVIEMNTO S.A. – Agência de Fomento/RS para Obras de Infraestrutura Urbana – Recapeamento Asfáltico. Antes de baixar os projetos para a sala das comissões o Presidente Ivonir chama o Engenheiro Sr. Marcos Dal Ri, para que faça uso da Tribuna Livre, assim como solicitado. O Engenheiro Marcos, faz a explanação do Projeto de Recapeamento Asfáltico da Av. Maurício Cardoso, partindo do início fala que temos 2.082 metros do início da Avenida até o final dela, o projeto visa o capeamento das duas vias, descendo e subindo. Conta que o projeto foi encaminhado duas vezes ao Badesul, na primeira não aprovado pela falta da ciclovia, então refeito o projeto e encaminhado novamente foi aprovado. Marcos explica que o projeto consiste em uma reperfilagem, trabalhando as imperfeições que existem na pavimentação, após terá a camada asfáltica. O projeto consiste também em não alterar o que temos hoje de passeio, a partir do mesmo teremos a ciclovia de ambos os lados, após teremos os tachões e o estacionamento apenas nas laterais, não tendo mais na parte central como existe hoje em algumas quadras. Explica ainda que este projeto em si, trata do recapeamento asfáltico, sinalização, acessibilidade nos quatro cantos das esquinas, tudo que é necessário para uma pavimentação urbana, a parte de drenagem o Executivo tem um trabalho com a CORSAN e após aprovado e licitado o projeto, envolvendo a parte ambiental do município e moradores da Avenida, junto com a CORSAN será feito duas linhas de tubulação de água para terminar com os problemas que vem ocorrendo e junto com esta, a tubulação pluvial com canos de 60 de ambos os lados da via, será feito também boca de lobo nas esquinas para receber a água e junto com esse projeto vamos conseguir solucionar muitas problemas que hoje vem causando transtornos no município. Houve debates e perguntas entre alguns Vereadores e o Engenheiro Marcos. Entre outras colocações, agradece o espaço, se coloca à disposição para dúvidas e encerra. Após o Presidente chama a Assessora Jurídica do Executivo Drª Karine Ranzzi para fazer uso da tribuna. A Assessora Drª Karine Ranzzi, fala que a razão de seu pedido de tribuna é em virtude do Projeto de Lei de Abertura da Licitação para a reconstrução da casa da Dona Maria de Lourdes. “Porque passar um Projeto de Lei pela Câmara de Vereadores para abrir uma Licitação?” Explica que como é sabido de todos, houve um incidente na casa de Dona Maria de Lourdes e como se trata de um maquinário da Prefeitura aos cuidados de um funcionário público municipal, esse projeto é pertinente vir para a Câmara para fim de aprovação, mas porque não passar direto? Pelo princípio da Transparência, da Legalidade e da Moralidade em que esta administração está primando, estamos trazendo para o conhecimento de todos essa Abertura de Licitação, em virtude desse incidente que ocorreu, frisa também que este infortúnio será averiguado no momento oportuno e será aberto um processo Administrativo Disciplinar para averiguar o caso e se necessário, será tomado atitudes. Através da dúvida do Vereador Darli, esclarece que o próprio funcionário da prefeitura teve a hombridade de fazer a ocorrência policial e desde o primeiro momento Dona Maria de Lourdes recebeu todo o apoio psicológico e material necessário, foi recolocada em uma casa com todos os móveis listados por ela mesma. Entre outras colocações, agradece o espaço, se coloca à disposição para dúvidas e encerra. O Presidente Ivonir chama também o Pastor Presidente da Assembleia de Deus Cristiano Pinheiro Fogo. O Pastor Cristiano, faz o convite para as comemorações alusivas aos 50 anos de fundação da igreja Assembleia de Deus em Barros Cassal. O evento será realizado nos dias 21 e 22 de abril de 2018 e terá a participação de pastores, líderes regionais e autoridades locais, relembrando com amostras fotográficas o trabalho do Pastor Franklin de Bairros que foi o pioneiro desta igreja. Entre outras colocações, faz a explanação de programações e horários das comemorações, agradece o espaço e encerra pedindo que todos em um minuto curvem suas cabeças e orem por Deus. O Presidente baixa os Projetos de Lei apresentados hoje para a sala das comissões pelo tempo que for necessário. De volta do recesso, o Presidente passa a palavra ao relator Vereador Jardel Joner para que diga se os Projetos de Lei estão em condições de ir a plenário para serem discutidos e votados. O relator agradece o recesso e fala que a COMISSÃO DE JUSTIÇA, ORÇAMENTO E FINANÇAS DECIDIU POR UNANIMIDADE QUE OS PROJETOS DE LEI DO PODER EXECUTIVO DE Nº 090, Nº 091, Nº 092 DE 22 DE MARÇO DE 2018 E POR DOIS VOTOS FAVORÁVEIS E UM CONTRÁRIO QUE O PROJETO DE LEI Nº 093 DE 28 DE MARÇO DE 2018 ESTÃO EM CONDIÇÕES DE IR A PLENÁRIO PARA SEREM DISCUTIDOS E VOTADOS. E dando continuidade aos trabalhos, o Presidente coloca o Projeto de Lei do Poder Executivo de Nº 090 de 22 de março de 2018 em discussão. O Vereador Darli, fala que desde o acontecimento Dona Maria tem todo direito desta casa que o município paga o aluguel e de todo o amparo que lhes deram, mas o que a ele estranha é que os móveis que ela recebeu não foi aberto um processo de licitação que deveria ter vindo para esta casa, outro fato é que ainda não foi concluído o processo e já se passaram 90 dias. E de quem é a culpa do acontecimento? Foi falha do operador ou falha mecânica? E se no finalizar esse processo for concluído que foi falha humana? Nós autorizando esse projeto, será de total responsabilidade do município. Diz ainda que sabe que é um processo bastante complicado mas devia ter sido concluído primeiro e baseado nisso, se a responsabilidade é do município, então abriria a licitação. Em seu ponto de vista nem precisaria passar pela aprovação dos vereadores, por não ser competência dos mesmos. A Assessora Drª Karine, explica que o acontecido foi dia 20 de Novembro, demorou em virtude que tivemos também nesse período a lamentável doença do Prefeito Jovelino o que causou grandes transtornos na parte administrativa, não podíamos passar à frente dele, pois estava hospitalizado e não sabíamos ainda o que iria acontecer, infelizmente ele veio a falecer e posteriormente teve a posse do nosso Prefeito Neizinho, foi onde começamos a proceder nesse processo administrativo disciplinar, esse não é um procedimento simples, não é qualquer servidor que pode fazer parte da comissão, tivemos que ter um cuidado especial para que as três pessoas que o Prefeito Neizinho assinou a portaria fosse nomeado. Quanto aos materiais por certo que foram disponibilizados a Dona Maria de Lourdes, ela podia sim ter tomado alguma atitude, mas teve o bom senso de reconhecer todo o amparo que prestamos a ela. O Vereador Darli, fala que contesta por não ter sido feito a licitação dos móveis, por que feito só da casa? A Assessora Drª Karine, responde que os móveis não passaram de R$ 8.000,00. O Vereador Darli, pergunta o porquê dos outros gastos da prefeitura que ultrapassam os R$ 8.000,00 não vem para aprovação dos vereadores?  A Assessora Drª Karine, fala que frisou tanto no princípio da Transparência, Legalidade e Moralidade dessa administração, o qual o vereador pode não ter entendido. Há manifestos entre o Vereador Darli e Assessora Drª Karine. O Vereador Moacir, fala que independente do culpado, quem vai ter que assumir os gastos é o município, isso já aconteceu em outras gestões e o município quem teve que assumir as consequências, o que importa hoje é que o município está tentando resolver o problema de Dona Maria. O Vereador Vilson, fala que conhecendo o operador, sabendo de sua responsabilidade e de seu tempo de serviço, não lhe julga, prefere acreditar que a máquina que falhou e para Dona Maria diz que pode ficar tranquila que logo vai estar dentro de sua nova casa. A Vereadora Aparecida, concorda com o colega Darli, que processo licitatório não é competência dos vereadores e também concorda com o colega Vilson que conhecendo o operador tem total certeza que não foi um erro humano. O Vereador Romeu, diz que a família de Dona Maria foi socorrida na mesma hora do acontecido, foi tomada todas as providências e estão recebendo todo o apoio necessário, fala ainda que já houve casos como esse em outra administração, onde foi batido uma camionete S10 que foi gasto um valor bem alto e não foi feito licitação, como foi pago até hoje não sabe. O Vereador Jardel, diz que é favorável ao projeto, pois a prioridade é o bem estar da família de Dona Maria, em primeiro lugar era colocar ela e sua família em um abrigo digno e isso foi feito, quanto ao funcionário será investigado e isso cabe a justiça fazer. Não havendo mais manifestos por parte dos vereadores, o Presidente coloca o mesmo em votação: E declara aprovado o Projeto de Lei do Poder Executivo de Nº 090 de 22 de março de 2018 por unanimidade. O Presidente coloca o Projeto de Lei do Poder Executivo de Nº 091 de 22 de março de 2018 em discussão. Não há manifestos por parte dos vereadores e o Presidente coloca o mesmo em votação: E declara aprovado o Projeto de Lei do Poder Executivo de Nº 091 de 22 de março de 2018 por unanimidade. O Presidente coloca o Projeto de Lei do Poder Executivo de Nº 092 de 22 de março de 2018 em discussão. Não há manifestos por parte dos vereadores e o Presidente coloca o mesmo em votação: E declara aprovado o Projeto de Lei do Poder Executivo de Nº 092 de 22 de março de 2018 por unanimidade. O Presidente coloca o Projeto de Lei do Poder Executivo de Nº 093 de 28 de março de 2018 em discussão. A Vereadora Aparecida, pede vistas ao projeto, para que possa realizar uma audiência pública para ver com os munícipes a sua opinião, se acham que é necessário o asfaltamento da avenida e deixar outras lugares como o Habitar Brasil, João Pessoa e Santo Antônio com estradas de chão. O Vereador Vilson, diz que concorda com a preocupação da Vereadora Aparecida, mas temos que ir aos poucos organizando. Sobre o futuro também temos que nos preocupar, mas como acabou a gestão passada? A Vereadora Aparecida, diz que ficou uma dívida do hospital muito boa por se tratar de saúde, tem também a dívida do fundo que é da administração passada e agora mais uma dívida, me preocupo quanto a isso, mas foi perguntado para os munícipes se eles preferem a avenida asfaltada? O Vereador Vilson, fala que fomos eleitos para representar o povo e estamos no meio deles, os quais diariamente nos cobram pela mudança, hoje temos essa oportunidade de mudar a cidade começando pela avenida. Há manifestos entre o Vereador Vilson e Vereadora Aparecida. A Vereadora Ilse, diz que entende a preocupação da Vereadora Aparecida quanto as laterais de nosso município, fala então que estão com um projeto que é o “Avançar Cidades” e Barros Cassal vai ser contemplado com o mesmo, fala que não estão preocupados somente com a avenida. O Vereador Moacir, fala que na gestão do Ex Prefeito Jarbas esteve participando de uma reunião de bancada onde teve o prazer de conhecer o Ministro da cidade, então pediu o recapeamento de nosso município, infelizmente ele acabou saindo do Ministério e não fomos atendidos, sabe que o sonho dos nossos munícipes do centro da cidade é o recapeamento para o embelezamento do nosso município e as ruas laterais temos que ir em busca de recursos. Agradece o Deputado Jerônimo Goergen pelo recapeamento da chegada de nossa cidade pelo trevo da Santinha que foi verba ganha através dele, estamos aguardando o recapeamento até chegar na avenida que nosso Prefeito fará com recursos próprios. O Vereador Darli, fala que devido aos acontecimentos do final de semana, teve acesso aos projetos somente pela manhã desta segunda, então concorda com a Vereadora Aparecida no pedido de vistas. O Vereador Romeu, diz que Boqueirão do Leão é um exemplo de município, mas para isso teve um começo, temos que ter um princípio, também me preocupo por ser uma dívida alta, me preocupo com as ruas laterais, mas esse dinheiro está sendo disponibilizado para esse fim, precisamos ter um início. A Vereadora Ilse, fala que sabe que estão todos preocupados, assim como também ficarão o final de semana todo estudando sobre essa questão das dívidas, diz que também houve muitas críticas e polêmicas quando foi comprado o hospital, mas é um patrimônio, uma dívida que o resultado é um investimento, nós temos outra dívida que é a do fundo e qual foi o investimento para o município? O Presidente Ivonir coloca o pedido de vistas da Vereadora Aparecida em votação: O Vereador Geverton, fala que assim como seu voto na sala das comissões foi que permanecesse para maiores análises, é favorável ao pedido de vistas. E o Presidente declara rejeitado o pedido de vistas da Vereadora Aparecida por 3 votos favoráveis e 5 contrários. Não havendo manifestos por parte dos vereadores, o Presidente coloca o mesmo em votação: O Vereador Darli, Vereadora Aparecida e Vereador Geverton são contra, o Vereador Moacir abstêm seu voto. E o Presidente declara aprovado o Projeto de Lei do Poder Executivo de Nº 093 de 28 de março de 2018 por 4 votos favoráveis, 3 contrário e 1 abstenção. E não havendo mais assuntos a tratar passamos as explicações pessoais e o primeiro a fazer uso da tribuna é o Vereador Darli dos Santos Landim, diz que novos rumos devem começar, a clareza, transparência e legalidade vão vir à tona. Sobre a saúde, fala que esteve no Hospital de Soledade e a situação deste Hospital está muito precária, não tem aparelhos para os procedimentos, pacientes estão sendo levados para Arvorezinha e Espumoso, enfraquecendo nossa porta de entrada que é o Hospital Frei Clemente. Precisamos investir também na nossa Secretaria de Obras, investir em nossas estradas, Chico Ruivo, Linha Ceccon, Vila Nova, São Pedro, Pontão do Hopp entre outras localidades, pelos trabalhos feitos nas estradas, parabeniza Sartori. Continua dizendo que é camioneta tombada, é camioneta carregando gado na administração passada do Ex Prefeito Jarbas, isso não é falado, é tudo certo? As coisas erradas tem que ser fiscalizadas, é essa nossa atribuição, diz que tem compromissos com seu eleitores e não vai “cruzar os braços”. Entre outras colocações agradece o espaço e encerra seu pronunciamento. O Presidente Ivonir passa a presidência ao Vice Presidente Vilson para que ele possa fazer uso da tribuna. E o Presidente Vilson passa a palavra ao Vereador Ivonir Camargo Ortiz, manda seus sentimentos aos familiares da Assessora Jurídica da casa Drª Genecir pela fatalidade que ocorreu com seu pai. Agradece aos munícipes pelo interesse aos trabalhos do Legislativo, por participarem das sessões, pelas cobranças e diz que é uma pena que elas começaram mais somente a partir do ano de 2017. Fala que não é porque são da situação que votam favorável aos projetos, tem os “pés no chão” e também se preocuparam com o projeto de recapeamento da avenida, se reuniram, pediram números, estudaram o projeto antes de votar. Fala que também faz sua oposição e cobra as coisas que acha estar erradas. Diz que quando votou no Jovelino também votou no Neizinho, é difícil colocar o município em ordem, mas está sendo corrigido. Pegamos quatorze obras paradas e ninguém fazia oposição, a prefeitura é o povo de Barros Cassal e quando se tem melhoria para esse mesmo povo, porque não podemos apoiar? Os números nos mostraram que podemos fazer esse recapeamento na avenida. Das quatorze obras paradas, fala que dez querem inaugurar. Sobre a saúde estão tendo dificuldades, principalmente com falta de médicos, diz ainda que a saúde de nosso município vai mudar e talvez os investimentos que pedem para o Hospital de Soledade, será feito em nossa cidade mesmo. Entre outras colocações, agradece o espaço e encerra seu pronunciamento. O Presidente Vereador Vilson devolve a presidência ao Presidente Ivonir Camargo Ortiz.  E passa a palavra ao Vereador Vilson Carlesso, que manda seus votos de condolência a Drª Genecir Betti pelo ocorrido, pois só quem já passou pela mesma situação sabe como é doloroso. Sobre os comentários dos projetos, fala da importância do debate. Por ser um representante das comunidades do interior do município também estava preocupado com o projeto de recapeamento asfáltico, mas está pronto para debates e estudos a qualquer hora, então ontem (domingo) tiveram uma reunião onde o Secretário Edson lhe esclareceu dúvidas e através de números firmou que o projeto poderia passar e poderia mudar o rumo de nosso município e também com a presença do Engenheiro Marquinhos que está por dentro de todo o processo ficam confiantes em seus votos. Fala que se preocupa com as ruas laterais, com o interior e a saúde, mas o prefeito se comprometeu em ter um respaldo nessas áreas, justifica que seu voto foi favorável por todos esses fatores. Fala que reconhece a preocupação dos outros vereadores da oposição, mas por conhecer o profissionalismo do Secretário Edson sabe que qualquer dúvida que tiverem ele vai auxiliar. Diz que se sente feliz pelo Projeto de Lei nº 092, por serem verbas adquiridas através de seu Deputado, também com a participação da Deputada da Vereadora Ilse e do Vereador Ivonir. Entre outras colocações, agradece o espaço e encerra seu pronunciamento. O próximo é o Vereador Moacir de Oliveira Ortiz, deixa seus sentimentos a Drª Genecir Betti e a todos os familiares do Sr. Alcides Betti. Diz que tem 30 anos de câmara e nesses 30 anos sempre foi pacífico, sempre ajudando e nunca puxando o tapete dos outros, diz que somos um município pequeno, temos que nos unir e juntos tentar fazer algo para nossa população, seja em estradas ou saúde, sempre tentar solucionar os problemas da melhor forma. Entre outras colocações, agradece o espaço e se coloca à disposição de todos os munícipes. A próxima é a Vereadora Aparecida de Fátima Neves Pereira, que pede 1 minuto de silêncio em respeito ao Ex Vereador Alcebides Betti. Sobre o projeto de recapeamento asfáltico, acha que foi interpretada mal, não é contra ao projeto, parabeniza pela iniciativa e acha uma belíssima ideia, só tentou colocar que poderiam conversar com a população e ver se esse dinheiro não poderia ser investido nos bairros e não quis desrespeitar o colega Vilson. Manda seus votos de condolência aos familiares da Drª Genecir e também aos familiares do Sr. Osvaldo. Fala que está na política para servir e não ser servida. Entre outras colocações, agradece o espaço e encerra seu pronunciamento. A próxima é a Vereadora Ilse Faller, que deixa seus sentimentos a família Betti. Diz que sentiu na casa um clima pesado, muitas críticas, muitas cobranças, o que de certa forma é muito bom, isso faz com que a gente trabalhe ainda mais pelo povo. Está mais do que na hora de pararmos de nos agulhar e fazer algo, porque as críticas que mais estão me incomodando é alguns grupos que quando sabem que algum vereador está de ponta um com o outro, ficam felizes e vai todo mundo para a Câmara porque vai dar discussão, nós vereadores não podemos nos deixar influenciar por isso. Fala que passaram por uma situação difícil com a perda do querido Jovelino, o Vice Prefeito teve que assumir de impulso, mas nada disso é compreendido. Encerra dizendo “Gente, nos deixe trabalhar, é um monte de gente criticando e cadê a solução? Não vejo ninguém chegar com sugestões para uma solução, é só críticas, ela é boa quando construtiva, mas ultimamente tem sido destrutivas”. Entre outras colocações, agradece o espaço. E o próximo é o Vereador Jardel Joner, que manda seus votos de condolência a Drª Genecir pela perda de seu pai. Sobre o Projeto de Lei de recapeamento asfáltico, também se assustou quando viu os números, os valores, mas tiveram reunião, estudaram e o Secretário Edson mostrou que é possível a devolução desse dinheiro, é possível esse recapeamento. Ouço muitos munícipes questionarem se vai sobrar dinheiro para as estradas do interior, acredita que não é a falta de dinheiro que está atrapalhando os trabalhos e sim o mau tempo que não tem ajudado muito. Será que nosso município sempre foi uma maravilha para hoje recebermos tantas críticas? Será que só temos erros em nossa administração? Sabemos que temos deficiências em algumas áreas, mas precisamos compreender que não foi fácil para nosso Prefeito, teve que assumir de repente, vamos dar um tempo pra ele. Diz que acredita não só no Prefeito como também nos Secretários que tudo vai tomar o melhor rumo. Entre outras colocações, agradece o espaço e encerra seu pronunciamento. E o Presidente Ivonir chama o próximo que é o Vereador Geverton Vieira Jandrey, que envia suas condolências a Drª Genecir pela perda de seu pai Seu Alcebides Betti e também aos familiares do Seu Osvaldo Moraes. Diz que tem uma responsabilidade muito grande com o povo de Barros Cassal, aprendeu que o melhor caminho para tratar as pessoas é com humildade, tanto que conversa com Prefeito, Secretários, Vereadores e a população em geral em busca de melhorias e de resultados, vereador nenhum deve ser favorecido na administração, quem deve ser favorecido é a população. Sobre seu voto ao Projeto de Lei nº 093, assume e com inteira responsabilidade diz que sua preocupação com o futuro é bastante grande, mas sabe das boas intenções do Prefeito. Fala que se preocupa com a saúde, o Drº Marcelo foi embora para ganhar o dobro no município de Lages, é difícil atrair médicos para nosso município, talvez o que falta é sentarmos e valorizarmos mais o nosso médico, Drª Cláudia, Drº Ricardo excelentes profissionais mas somente eles não vão dar conta de toda demanda. Sou funcionário do povo e sou muito cobrado, minha grande esperança é que Deus abençoe a mente do Prefeito e consiga abrir o 3º turno. Sabe que é difícil acompanhar tudo, muitas vezes o Prefeito pode não ter conhecimento de algumas coisas que acontecem no município. Entre outras colocações, agradece o espaço e encerra seu pronunciamento. O próximo é o Vereador Romeu Lopes de Oliveira, manda seus votos de condolências a Drª Genecir Betti pela perca de seu pai, homem muito adorado pela comunidade que morava. Sobre o projeto, diz que esteve no Gabinete do Prefeito, conversando e analisando se dava pra ser feito esse recapeamento asfáltico, o Prefeito nos explicou e entendemos que vamos chegar lá, é difícil mas Deus vai nos iluminar. Diz que esteve na casa do pai do Prefeito Neizinho e se sentiu orgulhoso pensando em como esse pai se sente feliz, pois quem não quer ver o filho bem. Segue dizendo “Não nascemos em berço de ouro, mas temos o privilégio de sermos honesto e puros. Torço muito pelo seu trabalho Prefeito Neizinho, faça um trabalho honesto que você vai vencer”. Faz um pedido ao Secretário de Obras, para o quanto antes olhar as estradas da região de Vila Bozzetto, Linha Ceccon e Vila Nova. Faz um convite a todos para participar da Festa da Comunidade da Linha Ceccon, que se realizará no dia 15 de abril. Entre outras colocações, agradece o espaço e encerra seu pronunciamento. E o Presidente Ivonir, agradece aos colegas vereadores pelos trabalhos de hoje e em nome deles saúda toda à plateia e agradece sua presença.  Declara encerrada a presente sessão às vinte e três horas e dezessete minutos. Sala das sessões 02 de abril de 2018. Lavrada á presente ata que depois de lida e aprovada será assinada pelo presidente e secretária. Digo que nem tudo que foi falado aqui está constato em ata, mas que ficará gravado para qualquer esclarecimento. Sabrina Rodrigues Pinto, secretária do Legislativo Municipal.

Download PDF

Download DOC