Vereadores realizam pedido de informação e indicação, acerca de funcionalismo

Vereadores realizam pedido de informação e indicação, acerca de funcionalismo

A Sessão da Câmara da segunda-feira, 14, não contou com nenhum Projeto de Lei em tramitação e nem para votação, apenas com um pedido de informação do vereador Darli dos Santos Landin e uma indicação da vereadora Aparecida de Fátima Neves.

Pedido de informações e cópias de documentos do vereador Darli dos Santos Landim, protocolado no dia 09 de agosto.

“Cópias de portarias de nomeação, e ou, contratos emergenciais e contracheques dos servidores/contratados abaixo relacionados, bem como, cópia dos relatórios das máquinas, dos operadores de máquinas, no período compreendido entre março e agosto de 2017.

Anderson Luiz Dorigoni, Carlos Ademir de Oliveira França, Cledir Mariano de Campos, Maria Luiza Ferreira, Neri Oliveira e Osmar Lippstein.

Além de cópias de portarias de nomeação, e ou, contratos emergências e contracheques do servidor contratado: Nelci de Lima Oliveira, inscrito no CPF 975.456.390-15, no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2016”.

Indicação da vereadora Aparecida de Fátima Neves, protocolada no dia 14 de agosto – “Sugerindo ao Executivo Municipal, o estudo de viabilidade técnica, econômica e jurídica, para a contratação de duas agentes comunitárias de saúde para as micro áreas dos ESFs 04 e 07, chamando a segunda colocada no processo seletivo já existente.

Sob a justificativa: “A micro área 04 do ESF misto, abrange as localidades de Coxilha Grande, Sítio Alegre (não em toda sua extensão), Linha Fogo até o Rio, Vila Muller (até o início do calçamento, na esquina de Leonice Neumann), Moinho Queimado e parte da Linha Pedregal, possuindo ao total 198 famílias para serem visitadas, sendo muito extensa.

Já a micro área 07 do ESF, abrange as localidades de Macega Branca, Pedreira, Vila Praxedes, Duas Pontes, Cascata e Vila Toldo, possuindo ao total 238 famílias para serem visitadas, totalizando aproximadamente 920 pessoas, sendo essa micro área muito extensa, possuindo aproximadamente 50km de distância.

Desta forma, a fim de não sobrecarregar as profissionais que atualmente estão desempenhando suas atividades nestas micro áreas, que precisam percorrer uma distância considerável para poder atender a população barros-cassalense, tornando-se cansativo, levando em conta inclusive o número de famílias que são atendidas, bem como no intuito de que essas famílias sejam visitadas mais seguidamente, o que poderá ocorrer somente com a contratação de mais duas agentes comunitárias de saúde, na medida, inclusive, que é de interesse público a visitação durante períodos mais curtos.”

A indicação foi aprovada por unanimidade, com a ressalva de alguns vereadores de que outras áreas também sejam analisadas, podendo ter mais áreas com grande extensão onde uma pessoa apenas está fazendo trabalho e também pode não estar dando conta do trabalho. Em seguida, a vereadora Aparecida deixou claro que fez a indicação em função de pedidos de pessoas das comunidades, mas que está aberta para estudos de novos locais que possam estar com problemas, ou como funcionava antes, se haviam mais funcionários nestas áreas ou não.

Explicações Pessoais

O vereador Darli dos Santos Landim usou seu espaço para destacar que a comunidade deve colaborar e fazer sua parte não apenas na gestão pública, mas também com a polícia. “Se nós como cidadãos recuarmos, a bandidagem vai tomar conta, como já estão tomando na região e no nosso estado. Então, hoje pela tarde fiquei à disposição dos delegados investigadores da Civil sobre o caso do assalto em Fontoura Xavier e, em um primeiro momento, já reconheci um indivíduo, que teria sido o que furou os pneus do meu veículo aquele dia e segundo o delegado, seria um indivíduo já presente em outro assalto na cidade, sendo violento. Eu me dispus a ajudar no que for necessário, porque a bandidagem vai se alastrando e o que é feito de nós? Então temos que fazer a nossa parte e é esse o registro que eu deixo”, finalizou.

O vereador Moacir Ortiz usou seu espaço para fazer um apelo ao responsável pela iluminação pública na cidade. “Foi feita uma revisão onde os bicos foram trocados, mas com o vendaval que nos atingiu, foram arrancados os braços da iluminação pública na cidade e em diversas ruas está tudo escuro, porque alegaram que a RGE teria levado esses braços, mas em conversa com o pessoal da RGE me passaram que não foram levados. O que precisa é encontrar uma solução e voltar a iluminar esses lugares, não é muita coisa, mas precisamos disso”, comentou. Em resposta, o vereador Ivonir Ortiz, o Biro Biro, disse que a maior dificuldade para recompor essa demanda seria o caminhão que estava sendo utilizado na recuperação das estradas do interior e que isso já está sendo resolvido, que algumas ruas já estão recebendo reparos e em 20 dias deve estar tudo pronto.

Já a vereadora Ilse Faller usou o espaço da tribuna para recitar uma homenagem aos pais presentes, em nome de seu pai, emocionado a todos.

Finalizando o espaço das explicações, o vereador Jardel Joner usou o espaço para falar sobre um lixo que estaria sendo depositado na entrada de Rodeio Bonito. “Comentaram comigo no final da última semana e no sábado de manhã passei pelo local e me certifiquei. É uma situação horrível, onde encontramos fraldas, vísceras animais e tudo mais ali. Então a gente faz um pedido de o pessoal que mora ali pelos arredores, que quando percebem um movimento estranho, que comuniquem os órgãos, para que alguma atitude seja tomada”, comentou.